terça-feira, 4 de maio de 2010

Coleção, última parte

Opa, óia eu aqui traveis.
Pois então, tô devendo o restim da coleção, e vim pagar a dívida.

Iluminadores



Iluminador em pó branco - Marcelo Beauty
Iluminador Candeia - Natura
Gel Iluminador - Avon




Batons



O sozinho lá no alto é o Rosa Queimado, Ultrafixação - Avon
Cor 06 - Natura
Cor 80 - Maxlove
Cor Boca - Anaconda (meu nude perfeito, mas o cheiro não dá)
Matte nº 01 - Vult
Matte nº 02 - Vult
Mauve - Avon
Ametista Ouro - Avon
Winerose - Avon
Frozen Rose - Avon


Esse ficou sozinho porque eu tinha perdido, acabei de achar agora, é a cor 28 da linha Intense de O Boticário



Brilhos e Glosses



Gloss labial extra luminoso Vermelho cintilante - Avon
Brilho Labial coleção Summer Bronze cor Champagne - Avon
Brilho labial Diamond Gloss - Avon
Brilho labial incolor - Avon
Batom líquido Salmon - Avon



Brilhho roll-on com glitter, melancia - Avon
Brilho labial cremoso malva - Avon





Contorno de boca



Delineador para lábios (Esqueci o nome da cor) - Vult
Lapiseira retrátil Amêndoa - Marchetti



Primer de sombras



Era pra ter sido postado junto com as sombras, mas eu esqueci.
Este é o potencializador de sombras de O Boticário


Pincéis

Meus nenens, são poucos mas eu os amo. Meus xodós. O estojo é de O Boticário.
Alguns estão sujos de make mas não é falta de cuidado não, é que eu tinha acabado de fazer um make.


Bom meninas, chegamos ao fim da minha pequena coleção. Qualquer coisa que for acrescentada nela eu venho contar, é claro.
Beijocas e até mais

Momento manguaça cultural

Olá, bom dia a todos.
Ontem à noite recebi um e-mail, e rolei de rir lendo.
É engraçado, mas é pura cultura também. kkkkkkk
Resolvi compartilhar com vocês, para que assim como eu encham-se de cultura também.
Veja só:


Você sabia?
Momento Manguaça Cultural
Antigamente, no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e levavam ao fogo.
Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse.
Porém um dia, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou.
O que fazer agora?
A saída que encontraram foi guardar o melado longe das vistas do feitor.
No dia seguinte, encontraram o melado azedo fermentado.
Não pensaram duas vezes e misturaram o tal melado azedo com o novo e levaram os dois ao fogo.
Resultado: o 'azedo' do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formou no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente.
Era a cachaça já formada que pingava. Daí o nome 'PINGA'.
Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de 'ÁGUA-ARDENTE'
Caindo em seus rostos escorrendo até a boca, os escravos perceberam que, com a tal goteira, ficavam alegres e com vontade de dançar.
E sempre que queriam ficar alegres repetiam o processo.
(História contada no Museu do Homem do Nordeste).

Não basta somente beber, tem que conhecer!
Related Posts with Thumbnails
© Coisinhas da Tammy - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: AP Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo